Secretário de MS discute com Tereza Cristina ações contra aftosa

Representantes dos estados que formam o Codesul se reuniram com a ministra nesta quarta-feira (dia 20).

- Foto: Semagro

O secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, discutiu com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS), os convênios que o Estado tem com a pasta federal e também a continuidade das ações do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa.

Além do secretário de MS, participaram do encontro em Brasília, nesta quarta-feira (dia 20), os secretários das pastas de Agricultura do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul - todos integrantes do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul).

“O que nos foi informado é que os convênios continuam. O Governo ainda irá definir volume e critérios para liberação dos recursos, mas a partir de março, poderemos encaminhar nossas demandas”.

A respeito do combate à febre aftosa, o secretário afirmou que Santa Catarina já tem o status de área livre da condição sem vacinação e o Paraná quer antecipar o fim da vacinação. Já Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul seguem com as ações do programa, para retirar a vacina em 2021.

Por serem vizinhos do Paraguai, Bolívia, Argentina e Uruguai, foi reforçada a importância de investimentos nas regiões de fronteira. Para Jaime, é uma “ação fundamental” para a questão sanitária.