Mototaxista há dois meses, Paulo Cezar teve três fraturas na perna em acidente

Paulo, que desde dezembro trabalhava no ponto criado em frente do Serve Bem, teve três fraturas na perna direita.

Paulo Cezar de Oliveira Santos, 30 anos, está internado na Santa Casa - Foto: Reprodução/Facebook

O mototaxista Paulo Cezar de Oliveira Santos, 30 anos, está internado desde as 21 horas de ontem na Santa Casa, para onde foi encaminhado cinco horas após se envolver no acidente, no cruzamento da Avenida Antero Lemes com a Rua Nioaque, registrado por volta das 15h45, em que morreu João Victor Kalschne Dieckel, 17 anos, aluno do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Sidrônio Antunes de Andrade.

Paulo, que desde dezembro trabalhava no ponto criado em frente do Supermercado Serve Bem na saída para Quebra Coco, teve três fraturas na perna direita, duas expostas (no fêmur e no tornozelo) e uma terceira perto do joelho.

Segundo a esposa do mototaxista, Ivanir Vital, os médicos não descartam a possibilidade de Paulo Cezar perder a perna, mas estão confiantes no sucesso da cirurgia para evitar a amputação.

Na hora do acidente, ele levava para um cliente uma peça comprada na Comarke. Quando chegou no cruzamento da Antero Lemes com a Nioaque, com sua motocicleta Yamanha YBR 125 Factor deu a seta para fazer a conversão a direita e subir a Rua Nioaque. 

João Vitor que seguia logo atrás pela mesma avenida em uma motocicleta Honda Titan, tentou fazer uma ultrapassagem indevida pela direita, momento em que ocorreu a colisão, atingindo a carenagem da moto e a perna de Paulo Cezar.