Prefeito se reúne com Zauith para cobrar acesso ao frigorífico e retomada de pavimentação

No documento que entregou ao secretário, o prefeito apresentou um mapa das ruas que não receberam recapeamento.

Prefeito se reúne com Zauith para cobrar acesso ao frigorífico e retomada de pavimentação - Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, foi recebido pelo secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith, quando cobrou a abertura da rua de acesso (um trajeto de 4 quilômetros) ao Frigorífico Balbinos, retomada da pavimentação da Rua Prudente de Moraes, início das obras no Jardim Alfa, além do encascalhamento de 100 quilômetros de estradas vicinais prometido ano passado pelo governador Reinaldo Azambuja.

Na reunião o prefeito apresentou as demandas da cidade ao secretário, que também é vice-governador. Não houve nenhuma sinalização em termos de prazo. O Estado não lançará nenhuma nova licitação (como a pavimentação do Bairro Pindorama e a continuidade do asfalto da MS-258), antes de concluir as obras em andamento.

No documento que entregou ao secretário, o prefeito apresentou um mapa das ruas que não receberam recapeamento (custeado com recursos do Fundersul) e pleiteou a retomada do serviço.

O prefeito voltou a reivindicar apoio do Governo para abertura do acesso ao Frigorífico Balbinos, para desviar o tráfego de caminhões e carretas que hoje atravessam o Bairro São Bento, a região de maior densidade populacional da cidade. O projeto se arrasta desde 2015, ainda na gestão do ex-prefeito Ari Basso, quando dois produtores doaram 15 hectares onde foi planejado o traçado. Em 2017 o Governo chegou anunciar que havia disponibilizado R$ 420 mil para a obra, mas dependia de a Prefeitura concluir o licenciamento ambiental e apresentar o projeto.  

Marcelo Ascoli reivindicou também a retomada das obras de pavimentação da Rua Prudente Moraes, que chegaram a ser iniciadas, mas a empreiteira abandonou o serviço e foi feita a rescisão do contrato. Também solicitou o início da pavimentação de algumas ruas do Jardim Alfa (com emenda de R$ 500 mil da então deputada federal Tereza Cristina), que já foi até licitada.

Na área rural, foi pedido o patrolamento, encascalhamento, nivelamento de 100 quilômetros de estradas vicinais, promessa do governador de antes da campanha da sua reeleição. Seriam contemplados trechos da MS- 455 até à BR-163 passando pelo Grande Eldorado, até chegar a MS-162, saída para Maracaju.