Tornado mata ao menos 23 no Alabama, EUA

De acordo com informações da emissora MSNBC, o número de vítimas deve subir nas próximas horas.

Os fortes ventos chegaram a 240 km/h - Foto: Divulgação web

Um tornado matou ao menos 23 pessoas e feriu mais de 50 no Alabama, estado ao sudeste dos Estados Unidos. Os fortes ventos atingiram o condado de Lee neste domingo (3), chegando a 240 km/h.

De acordo com informações da emissora MSNBC, há pelo menos uma criança de 8 anos morta, e o número de vítimas deve subir nas próximas horas.

"É quase como se alguém pegasse uma faca gigante e rasgasse o chão. Há lajes onde antes havia casas, destroços em todos os lugares, árvores rompidas", disse o xerife do condado, Jay Jones. "Nunca vi este nível de destruição na minha experiência."

A tempestade atingiu a metade da escala de cinco pontos Fujita, usada por meteorologistas para medir a força de tornados.

Imagens de TV e fotografias no Twitter de quem presenciou o fenômeno mostram um cenário desolador: postos de gasolina destruídos, torres de eletricidade e de telefonia celular no chão e casas com telhados aos pedaços.

Mais de 6 mil residências no Alabama ficaram sem energia elétrica, e 16 mil casas tiveram interrupções no fornecimento de energia no estado vizinho da Geórgia.

No Twitter, no domingo à noite, o presidente Donald Trump se dirigiu às vítimas e suas famílias: "Por favor, tomem cuidado e fiquem seguros. Tornados e tempestades foram realmente realmente violentos e mais pode estar a caminho".