Diretoria do Santos discorda de Sampaoli sobre Yuri e tenta vendê-lo

Sampaoli vê boa qualidade no passe e características para atuar entre os dois zagueiros, responsável pela saída de bola.

Sampaoli aprova Yuri, mas diretoria do Santos não - Foto: Ivan Storti

A diretoria do Santos e Jorge Sampaoli têm avaliações diferentes sobre Yuri. A cúpula é praticamente unânime ao não ver condição técnica de estar no elenco. O técnico, em contrapartida, gosta do volante e não quer perdê-lo.

Sampaoli vê boa qualidade no passe e características para atuar entre os dois zagueiros, responsável pela saída de bola. O meio-campista de 24 anos foi titular no clássico contra o Palmeiras, ganhou elogios e voltou a ser utilizado diante do River Plate-URU e Oeste.

Para superar esse impasse, o Peixe procura por uma proposta minimamente aceitável no mercado. O empréstimo ao Fluminense foi vetado por Sampaoli no começo do ano.

Outra preocupação do Alvinegro é o “carinho” do torcedor. Yuri não é bem visto e, diante do Oeste, no último sábado, foi vaiado a cada toque na bola no Pacaembu. Ele acabou substituído no intervalo.

Destaque do Audax no vice-campeonato paulista em 2016, Yuri chegou ao Santos e, após três anos, nunca alcançou status de titular e teve sequência de boas atuações. Seu contrato vai até dezembro de 2020.