Junior Cigano mira no título após nocaute: 'O cinturão, queiram eles ou não, vai acontecer'

Peso-pesado brasileiro desabafa sobre sua posição no ranking e vibra com a possibilidade de enfrentar Francis Ngannou.

- Foto: Getty Images

Na saída no octógono, instantes após a vitória sobre Derrick Lewis no UFC Wichita no último sábado, Junior Cigano misturava a euforia do nocaute com a firmeza no olhar de quem ainda quer voltar ao topo entre os pesos-pesados. O brasileiro nocauteou o americano, que estava na terceira colocação do ranking, e quer melhorar sua posição entre os pesos-pesados. Antes da vitória, Cigano ocupava a oitava colocação. 

- Eu não sei como esses caras passaram na minha frente no ranking. Sempre estive entre os melhores, desde minha estreia no UFC, sempre estou enfrentando os caras mais duros. Mas não adianta reclamar. Tenho que seguir o meu trabalho. E o cinturão, queiram eles ou não, vai acontecer. É sempre importante adicionar algo quando se vai lutar com alguém. Meu objetivo é o cinturão, então não adianta eu lutar contra o décimo-quinto do ranking, e é capaz até de eu perder posição do jeito que estão fazendo aí. Espero que me deem um cara bem ranqueado.

Perguntado sobre uma eventual luta contra Francis Ngannou, que já poderia ter acontecido em 2017 - Cigano foi flagrado em um exame antidoping com uma substância proibida, mas em seguida acabou sendo inocentado - o brasileiro mostrou-se animado com a possibilidade, fazendo apenas uma ressalva.

Junior Cigano superou Lewis por nocaute no segundo round, mas chegou a ser derrubado pelo adversário em um contra-ataque inusitado, no primeiro round. O brasileiro conseguiu aplicar um forte chute no corpo de Derrick, que se abaixou sentindo, e logo depois contra-atacou. Cigano chegou a cair com o soco dado por Lewis, mas não perdeu o controle da luta e se recuperou.

- O professor Dórea até tinha me pedido para ter cuidado, porque a gente tinha estudado o Derrick. Se ele mostra que sente algum golpe, não é para ir pra cima com tudo, porque ele tenta capitalizar aquele momento. E foi o que aconteceu. Meu chute rodado pegou bem, ele sentiu, e eu fui com vontade, mas ele mandou um mata-cobra, só que não pegou. Eu tive que me reorganizar ali. "Calma, tem mais cinco rounds pela frente... Vamos fazer a coisa com calma". E a chance dele era essa. Ainda bem que tive experiência o suficiente para manter a calma e lutar bem.

Na entrevista após a luta, Cigano relembrou o canto de "Parabéns para você" que puxou ainda no octógono para seu filho Bento, que completou neste sábado dois anos de idade. Tanto Bento, quanto sua esposa Isadora ficaram em casa, na Flórida, já que a mulher do lutador está grávida de sete meses da menina Maria. Com saudades e muito emocionado, Junior Cigano valorizou a importância da família, que irá crescer em maio.

- Eu não podia deixar de cantar os parabéns pro meu filho. Ele é a luz da minha vida, a razão de tudo hoje em dia. Hoje eu sei o que é felicidade de verdade. Vocês até me pegaram naquele vídeo, não esperava reagir daquela forma. E, no outro dia, eu estava falando com a minha esposa, que disse o quanto o Bento estava sentindo a minha falta, sem querer dormir, sem querer comer direito. E ele me dá muita força e me vejo hoje mais importante estando aqui. A minha presença na vida da minha família me afeta emocionalmente. Antigamente eu falava: "Me viro". Hoje não é mais assim. Hoje tenho que me virar por mim e por eles. Isso me dá uma motivação a mais.

O ex-campeão de 35 anos aproveitou para desabafar sobre o ofício de ser um lutador do UFC. Depois de engatar sua terceira vitória seguida, Cigano sente que as emoções da disputa no topo da categoria estão se reaproximando.

- É tão bom ganhar. A vida do lutador não é fácil. Não deve existir esporte que exij mais do atleta do que o nosso. Sem querer tirar o mérito dos outros esportes, mas esse é muito duro. A gente tem que treinar de tudo um pouco e conviver com dores, machucados, porque não interessa: Marcou a luta, já era. A gente só ganha dinheiro quando luta. Então tem que lutar e passar por tudo isso e ganhar é uma benção muito grande. Eu estou muito feliz.