André fica no comando do partido até dezembro, diz líder do MDB

Primeira reunião do ano do MDB vai ocorrer na próxima sexta-feira (15), a partir das 10h.

O deputado Márcio Fernandes, líder do MDB na Assembleia, declarou que o ex-governador André Puccinelli (MDB), vai continuar no comando do partido até dezembro deste ano, quando estão marcadas as eleições do diretório. Ele disse que o pleito só iria se antecipar se toda direção entendesse desta forma.

“Não vai antecipar a eleição, o André (Puccinelli) já reassumiu o comando e agora vai seguir até dezembro, só seria diferente se houvesse um entendimento de todo diretório, o que não é o caso”, disse o parlamentar, que avalia que o momento é de planejar o futuro do partido para os próximos anos.

O deputado Renato Câmara (MDB), com apoio de Eduardo Rocha e da senadora Simone Tebet (MDB), defendia a proposta de antecipar a eleição, para que uma nova direção já começasse o processo de filiações e planejamento sobre 2020. Ele inclusive colocou o nome à disposição, para o cargo de presidente.

Reunião – A direção estadual do MDB vai realizar sua primeira reunião, nesta sexta-feira (15), a partir das 10h, na sede do partido. A intenção é já começar a planejar a legenda para os próximos anos, visando a eleição municipal.

Márcio Fernandes voltou a dizer que a legenda terá candidato próprio nas principais cidades, entre elas Campo Grande. Ele inclusive já colocou o nome dele à disposição, para disputar o cargo de prefeito. Também já tinha se cogitado o nome da senadora Simone Tebet (MDB). “Foi uma sugestão, mas não sabemos se ela toparia disputar o cargo”, disse Fernandes.