Gerson defende mais paz e menos guerra ao lembrar dia da discriminação racial

Durante aparte, Claro destacou a importância da data comemorativa mundial.

O deputado Gerson Claro durante aparte - Foto: Luciana Nassar e Victor Chileno

O Dia Internacional contra a Discriminação Racial, comemorado nesta quinta-feira (21), foi lembrado pelo deputado estadual Gerson Claro, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Durante aparte, Claro destacou a importância da data comemorativa mundial e defendeu a eliminação do ódio e da intolerância, pedindo mais paz e menos guerra num momento de turbulência que o País atravessa.

“Registro que hoje acontece a comemoração ao Dia Internacional contra a discriminação racial. Que haja a eliminação do ódio, intolerância, mais paz e menos guerra. E que nós, parlamentares, cumpramos nosso papel aqui e propaguemos estes dias internacionais para o bem de nossa sociedade”, pontuou.

O apelo de Gerson Claro foi feito durante um aparte ao discurso do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que ocupou a tribuna da Casa para falar sobre o uso e reuso da água, ao lembrar o Dia da Água, comemorado mundialmente nesta sexta-feira (22).

Para analistas, esse não é um dia de comemoração e sim de reflexão sobre as desigualdades que ainda estão presentes diariamente na vida da população negra. O Dia Internacional Contra a Discriminação Racial foi criado em memória ao ‘Massacre de Shaperville’, que ocorreu em 21 de março de 1960.

Aproximadamente 20 mil pessoas protestavam contra a ‘lei do passe’, em Joanesburgo, na África do Sul. A lei obrigava os negros a andarem com identificações que limitavam os locais por onde poderiam circular dentro da cidade.

Tropas militares do Apartheid atacaram os manifestantes e mataram 69 pessoas, ferindo centenas de outras. Em homenagem à luta e memória desses manifestantes, a ONU (Organização das Nações Unidas) criou a data.

ÁGUA

Sobre a questão do uso da água levada à Tribuna por Rinaldo, Gerson Claro falou da importância de sua preservação. “Apesar do sofrimento com a quantidade de chuvas, é importante que a gente saiba que sua preservação deve ser valorizada”, sugeriu.  

Em Mato Grosso do Sul, a Lei 4774, de 3 de dezembro de 2015, instituiu o Dia Estadual de Incentivo à Redução de Consumo, Reuso e Racionalização de Água e Eficiência Energética. Em sua fala, o tucano, cuja lei é de sua autoria, lembrou que o dia escolhido para a celebração anual no Estado é exatamente o dia 22 de março.