Carille aponta evolução no Corinthians e não vê vantagem por empate no Morumbi

O treinador avaliou que a produção foi muito superior ao que se viu na partida contra o Santos, cumprindo o objetivo.

- Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press

O técnico Fábio Carille considerou que o Corinthians fez uma boa partida na tarde deste domingo, no estádio do Morumbi, pela primeira partida da final do Campeonato Paulista. O treinador avaliou que a produção foi muito superior ao que se viu na partida contra o Santos, pela semifinal da competição, cumprindo o objetivo determinado pela comissão técnica antes de entrar em campo no 0 a 0 com o São Paulo.

“Nossa busca aqui é sempre ser melhor em relação ao último jogo. Então hoje (domingo) não só marcamos, trocamos passes, melhoramos, estamos buscando o que é melhor, tem jogo que funciona, tem jogo que não”, avaliou o treinador, citando atletas que ele considera novos no seu elenco.

“É um grupo de 36 jogadores em que 23 não trabalharam comigo. Mas, enfim, conseguimos ficar mais com a bola, fomos mais agudos do que fomos contra o Santos”, disse Carille, explicando que trocou o 4-3-3 utilizado nos outros jogos para um 4-2-3-1, com Jadson atuando mais adiantado do que Sornoza costuma fazer. Para ele, não houve uma postura defensiva na casa do rival.

“A questão de marcar é um time que sempre marcou muito, desde o Mano, em 2008, sempre levou poucos gols. Esse ano está um pouquinho fora, mas, assim, saio muito mais satisfeito hoje do que foi contra o Santos”, observou Carille, dividindo a possibilidade de título de maneira igual apesar do empate.

“Não tem vantagem. Em relação ao ano passado, perdemos em casa contra o Palmeiras no ano passado e precisamos ganhar fora. Agora é uma situação mais igual, futebol está muito nivelado, são detalhes, vantagem é da forma da nossa torcida, que dentro de casa vem junto, sabe pressionar”, concluiu Carille.

O comandante corintiano agora terá dois dias de preparação para encarar a Chapecoense, na quarta-feira, na Arena Condá, às 21h30 (de Brasília), pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. O segundo jogo da decisão será na Arena Corinthians, às 16h (de Brasília) do domingo.