Com meta de imunizar 13 mil pessoas, campanha de vacinação contra gripe entra na segunda semana

A meta é imunizar 13.075 pessoas no município de Sidrolândia, 859 mil em MS e 58,6 mi em todo o Brasil.

Com meta de imunizar 13 mil pessoas, campanha de vacinação contra gripe entra na segunda semana - Foto: Divulgação

Com pouca procura nos primeiros dias, a campanha de vacinação contra gripe entra na segunda semana que será mais curta porque a quinta-feira é ponto facultativo e sexta-feira é feriado. A meta é imunizar 13.075 pessoas no município de Sidrolândia, 859 mil em Mato Grosso do Sul e 58,6 milhões em todo o Brasil.

Os primeiros grupos prioritários que já podem comparecer aos postos de saúde são as crianças a partir de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e as puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). Neste ano, estes grupos ainda poderão atualizar as demais vacinas previstas na Caderneta de Vacinação.

A partir do dia 22 de abril, além de crianças, gestantes e puérperas, os outros grupos prioritários poderão receber a vacina. São eles: trabalhadores de Saúde, povos indígenas, idosos (a partir dos 60 anos), professores, pessoas portadoras de doenças crônicas (por exemplo os diabéticos e hipertensos) e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, e funcionários do sistema prisional.