WhatsApp pode impedir print de conversa ao ativar desbloqueio por digital

Proibição de screenshots no mensageiro está em versão beta para Android.

WhatsApp Beta impede captura de tela do serviço de mensagem - Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

A nova versão de teste do WhatsAppbloqueia o print de conversas. Segundo publicação do site especializado WABetaInfo desta segunda-feira (15), a atualização 2.19.106 para usuários Beta do Android libera o recurso de desbloqueio por impressão digital, porém impede as capturas de tela do bate-papo. Vale lembrar que, por estar em fase de teste, não é garantia que a função seja lançada no app oficial.

A novidade seria habilitada pela opção "Fingerprint security" (algo como "segurança por impressão digital", em livre tradução), a partir dos ajustes de autenticação do serviço, de acordo com o portal. Ao ativar o recurso, o WhatsApp interrompe os screenshots de chats. A ferramenta também exige o uso da digital para abrir o mensageiro. A intenção seria garantir mais proteção aos dados compartilhados pelos usuários. No entanto, a resposta de mensagens exibidas nas notificações e o atendimento de chamadas permaneceriam disponíveis mesmo com o bloqueio.

Integração entre WhatsApp, Facebook e Instagram terá foco em privacidade

Antes disso, o WhatsApp já havia liberado o bloqueio por digital em sua versão beta para o sistema operacional do Google. A ideia também veio no esforço de entregar maior segurança às informações dos usuários. Enquanto a permissão por impressão digital está sendo testada em aparelhos com Android, celulares iPhone (iOS) já trazem a funcionalidade pelo Touch ID. O sistema da Apple também oferece o Face ID, que usa o reconhecimento facial como chave de acesso.

Para configurar o recurso de bloqueio do app por digital, os usuários de Android precisariam ir até os ajustes de privacidade. A plataforma dispõe de quatro modos de duração: "Imediatamente", "Após 1 minuto", "Após 10 minutos" ou "Após 30 minutos". No intuito de garantir medidas de proteção mais aprimoradas no sistema de mensagens, vale lembrar que o WhatsApp adota a criptografia de ponta a ponta, método que impossibilita a interceptação do conteúdo por terceiros.