Michael Phelps revela luta contra a depressão

O nadador americano espera ajudar outras pessoas ao compartilhar a sua história

O nadador Michael Phelps - (Foto: Getty Images)

As celebridades – e o público em geral – têm cada vez menos receio de se abrir sobre saúde mental. Michael Phelps é uma dessas pessoas. O nadador americano admitiu a sua luta contra a depressão e a ansiedade depois de passar muitos anos escondendo esse fato.

No entanto, ele observou à People que a reação positiva que recebeu ao falar sobre o assunto só o motivou a ser ainda mais honesto. "Ouço histórias de pessoas quando ando na rua ou estou no aeroporto; elas vêm até mim e compartilham um pouco daquilo pelo que passaram", disse. "Acho que é incrível ser capaz de mostrar que pessoas e heróis que amamos e admiramos são normais. Passamos por batalhas diárias assim como pessoas normais passam [por isso também]."

Recentemente, Phelps observou ao programa Today que atletas costumam sentir a pressão de serem inabaláveis. "Minhas batalhas persistiram ao longo da minha carreira e eu as escondi bem", confessou. Ele também admitiu que houve até mesmo momentos em que ele não queria mais viver. "Foi um período muito, muito, muito louco para mim, [quando] eu não queria ver ninguém. Eu considerava que estava decepcionando tanta gente – incluindo eu mesmo. É algo difícil de se carregar."

O que tem ajudado o nadador a lidar com momentos difíceis é fazer natação e estar com a sua família. Atualmente, ele e a esposa, Nicole, aguardam a chegada do seu terceiro filho. "Às vezes, é assustador e desafiador [passar pela depressão], mas encontrei um maneira de superar", diz ele.