Para Carlos Henrique, prefeito foi leviano ao acusar Câmara de travar gestão

Na avaliação do vereador, as manifestações do prefeito foram “levianas” já que a Câmara está cumprindo seu dever.

Presidente da Câmara, Carlos Henrique reagiu aos comentários do prefeito Marcelo Ascoli - Foto: Vanderi Tomé/Região News

O presidente da Câmara de Sidrolândia, Carlos Henrique, reagiu de forma contundente as declarações do prefeito Marcelo Ascoli, prestadas a sua assessoria de imprensa, que os vereadores estavam travando a gestão ao retardar a votação do projeto que autoriza o Executivo a remanejar por decreto 35% das dotações orçamentárias. Na avaliação do vereador, as manifestações do prefeito foram “levianas” já que a Câmara está simplesmente cumprindo a sua maior prerrogativa, que é a de fiscalizar o Executivo.

“Não vamos abrir mão da nossa obrigação. Quem agiu de forma irresponsável, foi o prefeito ao anunciar que não havia dotação para pagar salários e ontem, felizmente, anunciou a liberação. Aquela manifestação de que o pagamento estava ameaçado só contribuiu para trazer instabilidade e insegurança para os funcionários e seus familiares”.

Carlos Henrique diz que a Câmara não pode ser responsabilizada pelo resultado pífio da gestão em termos de resultados administrativos. “O senhor prefeito está no terceiro ano de gestão e não conseguiu entregar o acesso ao Frigorífico Balbinos. A reforma da Escola Porfiria do Nascimento está se arrastando”, exemplificou.

Na opinião do presidente da Câmara até aqui os vereadores tem aprovado projetos do Executivo. “Mesmo não sendo da base e nem sempre concordando com tudo que a administração faz, neste período na presidência, nunca pedi voto contra qualquer projeto do prefeito. Pelo contrário tenho buscado contemporizar, evitando a radicalização. Mesmo agora, diante desta declaração do prefeito, que afronta o Poder Legislativo, não levei adiante a proposta de uma moção de repúdio contra ele”, destacou.

"Situação do Governo na Câmara é crítica", diz presidente após declarações do prefeito

Presidente repudia declarações do prefeito que acusa Câmara de travar gestão e diz que há leviandade ao tentar jogar opinião pública contra os vereadores. Assista

Publicado por Regiao News em Quarta-feira, 1 de maio de 2019