Estoque de filial da Romera é retirado para garantir pagamento de aluguel

oda a operação é acompanhada pelo oficial de Justiça que cumpre a liminar concedida pelo juiz Thiago Nagasawa Tanaka.

Móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos ainda em estoque na filial de Sidrolândia da Móveis Romera serão levados para depósito. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Desde as 8 horas da manhã desta quinta-feira, os eletrodomésticos e eletroeletrônicos ainda em estoque na filial de Sidrolândia da Móveis Romera, estão sendo levados para um depósito pertencente ao empresário Jair Nascimento, dono do imóvel onde a loja está instalada.

Toda a operação é acompanhada pelo oficial de Justiça que cumpre a liminar concedida pelo juiz Thiago Nagasawa Tanaka, confirmada pelo desembargador do Tribunal de Justiça, Nélio Stábile. A Justiça autorizou o despejo porque a empresa não paga o aluguel do imóvel há um ano, está inadimplente com o IPTU de 2018, acumulando uma dívida de R$ 180 mil. 

O juiz marcou para o dia 2 a audiência de conciliação, quando a empresa terá oportunidade de oferecer um plano de pagamento ou quitar a dívida e neste caso, poderá ocupar o prédio até o final do contrato que vence em 31 de maio de 2020.