Carille diz que por causa do cansaço deverá mexer no Corinthians

Equipe paulista encara o Vasco no próximo sábado, 4, na Arena Amazônia, em Manaus

Fábio Carille admitiu que errou ao não poupar alguns jogadores - Foto: Mauro Horita/Estadão Conteúdo

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado após o jogo contra a Chapecoense, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, reclamando de cansaço por causa da sequência de partidas. O técnico Fábio Carille admitiu que errou ao não poupar no jogo de quarta-feira, mas avisou na próxima rodada, neste sábado, contra o Vasco, em Manaus, na Arena Amazônia, haverá mudanças.

Os quatro atletas que estão no departamento médico (Henrique, Danilo Avelar, Junior Urso e Gustavo), por exemplo, permanecerão fora. Além disso, o treinador avisou que mexerá na escalação. "Vamos conversar e definir, mas vamos preservar alguns”.

Carille revelou que um dos jogadores que estão em reta final de recuperação deverá participar do jogo-treino de segunda-feira contra o time sub-23. No entanto, não arriscará colocar em campo no sábado. "Não conto (com os atletas) e já cobrei ali na minha comissão, para a gente pensar bem o que fazer contra o Vasco. Em Manaus, calor, desgaste, viagem e sem tempo treinar, por isso que eu parabenizo demais esses jogadores".

O Corinthians vem de uma sequência de jogos por causa da reta final do Campeonato Paulista e também da quarta fase da Copa do Brasil. A equipe está exausta, mas ainda tem uma longa maratona até a pausa para a Copa América, em 14 de junho. Serão 10 jogos entre Campeonato Brasileiro, oitavas da Copa do Brasil e segunda fase da Copa Sul-Americana. A única semana livre até lá será a próxima.

"Não é questão de preservar, é fazer o que é melhor para o Corinthians. Preciso ficar com um jogador um jogo fora. Tenho uma semana limpa na semana que vem. Mas tenho que levar em conta essa sequência. É conversar com os atletas", afirmou.