MS registra mais duas mortes por dengue e notificações sobem 11,3%

Boletim atualizado incluiu as mortes de uma mulher de 35 anos, em Campo Grande, e de um rapaz de 18 anos, em Corumbá.

Prefeitura realiza mutirões em bairros de Campo Grande para conter avanço da doença - Foto: Paulo Francis

Mato Grosso do Sul registrou mais duas mortes por dengue em uma semana, conforme atualização do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. Os números de notificações, que tiveram índice abaixo dos dez pontos percentuais, voltaram a subir, chegando a 29.540 no Estado.

Das 29.540 notificações, Campo Grande foi responsável por 10.034, estando na lista dos 66 municípios em MS com alta incidência de casos. O maior índice de confirmações na Capital chega a 7.670, seguido de Três Lagoas, com 1.933.

Na lista de mortes, foram atualizados dois casos, sendo de uma mulher de 35 anos em Campo Grande, que morreu no dia 19 de abril e não tinha qualquer relato de comorbidade. O outro é de um rapaz de 18 anos, residente em Corumbá, que morreu no dia 29 de abril.

Com isso, o total de óbitos subiu de 14 para 16 no Estado. Campo Grande contabiliza sete mortes pela doença, seguido de Dourados (3), Três Lagoas (3), Maracaju (1), Ponta Porã (1) e, agora, Corumbá (1).

A morte de uma menina de 7 anos, em Campo Grande, está na lista dos casos investigados. Ela foi internada no hospital da Cassems no dia 27 de abril e, três dias depois, foi transferida para a UTI pediátrica. A menina morreu no dia 1º de maio.