Ceni reclama após pênalti não marcado contra Botafogo: 'Não sei para que existe o VAR'

Fortaleza perdeu para o Botafogo por 1 a 0 pela Série A do Brasileiro

- Foto: André Durão

Após a derrota contra o Botafogo, o técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, se mostrou indignado com a não marcação de um pênalti para o time dele, quando o placar ainda estava em 0 a 0. Mesmo com a consulta ao VAR, o árbitro não marcou. O que, para Ceni, foi errado.

- Tivemos a oportunidade de fazer o gol, bola na trave. Um pênalti claríssimo, eu vi no intervalo, a nosso favor. O árbitro foi, olhou, o VAR... não sei para que existe, se existe para olhar, todo mundo olha e vê. Ele interpretou de forma errada, na minha opinião. Fizemos uma belíssima partida. Uma grande injustiça esse resultado. O empate poderia ser mais justo - afirmou Ceni.

 

- Como no caso de hoje, jogaremos de igual para igual. Se ele marcasse o pênalti, Botafogo teria de se impor mais. Isso faria bem para a gente. Como ele não teve personalidade de dar o pênalti, saímos derrotados - alfinetou.

O Fortaleza fica à beira da zona de rebaixamento. No próxima quinta-feira, na Arena Castelão, recebe o Santa Cruz, pela semifinal da Copa do Nordeste. Na próxima rodada, às 16 horas, os cearenses recebem o São Paulo no Castelão, no domingo.

- Temos a Copa do Nordeste, depois o São Paulo, temos de rodar para ter todos em condição. Não poderia ter saído daqui derrotado pela maneira como o time jogou. Contra o Palmeiras, não jogamos absolutamente nada. Contra o Athletico, jogamos bem. Hoje, é um crime sair com a derrota. Agora vamos analisar cada atleta para o jogo contra o Santa Cruz. Vamos tentar jogar da mesma maneira como jogamos hoje.