Acidente em que jovem de 20 anos morreu foi causado por veículo que fez ultrapassagem irregular

O motorista de um Corolla fez a manobra perigosa, invadiu a pista contrária, provocou o acidente e seguiu viagem.

Jovem Victor Padilha, 20 anos, funcionário da Pica–Pau Agropecuária. - Foto: Reprodução/Facebook

O acidente registrado ontem à tarde na BR-060, na divisa de Sidrolândia com Campo Grande, em que morreu o jovem Victor Padilha, 20 anos, funcionário da Pica–Pau Agropecuária, foi causado por uma ultrapassagem forçada, proibida num trecho da rodovia de faixa contínua. O motorista de um Corolla que seguia para Campo Grande fez a manobra perigosa, invadiu a pista contrária, provocou o acidente e seguiu viagem.

O Corolla fechou o Fiat Strada Prata (que ia para Capital). O veículo rodopiou na pista, o motorista de 72 anos perdeu o controle da direção e a Strada atingiu na lateral o veículo dirigido por Hermes Nantes de 45 anos, que trafegava sentido Campo Grande/Sidrolândia, também em uma Fiat Strada. O veículo conduzido pelo idoso continuou rodopiando na pista atingindo frontalmente a motocicleta que vinha logo atrás de Hermes.

Numa trágica coincidência o piloto da moto, morto no acidente, era o jovem Victor, funcionário de Hermes, sócio proprietário da Pica-Pau Agropecuária. Com o empresário viajava a esposa dele, Patrícia Pereira de Arruda, 38 anos. O corpo de Victor será velado na Capela Mortuária da Pax Sidrolândia, na Avenida Antero Lemes da Silva.

*Matéria corrigida para acréscimo de informações.