Identificado corpo de travesti encontrada com ferimento no pescoço

De acordo com a polícia, travesti tinha 30 anos e reconhecimento do corpo foi feito por uma irmã da vítima, em Campo Grande.

Corpo de travesti foi encontrado com ferimento na pescoço em uma avenida de Campo Grande (MS). — - Foto: Facebook/Reprodução

Foi identificado o corpo da travesti encontrada morta com um ferimento no pescoço na madrugada deste domingo (19), em Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, o nome da vítima no registro civil é Francielson Rodrigues de Moura, de 30 anos, mas ela usava o nome de Thaylla Rodrigues.

Segundo a ocorrência, uma irmã de Thaylla fez o reconhecimento do corpo e informou não ter nenhuma informação sobre o autor do crime e que não teria conhecimento se a vítima teria alguma desavença com outra pessoa.

Ainda de acordo com a ocorrência, a irmã contou que Thaylla saiu de casa por volta das 20h30 deste sábado (18) da residência onde morava. Ela não teria informado para onde iria e nem com quem iria se encontrar.

Entenda o caso

Segundo registro da Polícia Civil, a travesti foi encontrada caída na calçada no trecho do fim da avenida Bandeirantes, região sudeste da capital, próxima a uma cooperativa de crédito e uma loja de materiais de construção. A vítima estava sem documentos e portava apenas um molho de chaves.

Ela estava vestida com um short jeans, camiseta branca e tênis. Possuía ainda diversas tatuagens nas costas, sendo uma do coelho da playboy e outras de estrelas. De acordo com a polícia, no local do crime foi encontrado um rastro de sangue, de aproximadamente 100 metros, entre a calçada e o corpo da vítima.