Em Sidrolândia, a 11 dias de terminar a campanha 45% do público-alvo ainda não se vacinou

Na última semana, conforme os dados do Ministério da Saúde, 917 pessoas foram aos postos.

Na última semana, conforme os dados do Ministério da Saúde, 917 pessoas foram aos postos. - Foto: Félix Zucco /Agencia RBS

Em Sidrolândia, a campanha nacional de vacinação contra gripe entra na sua penúltima semana, que termina dia 31, ainda faltando imunizar 45% do público-alvo, ou seja, 5.892 pessoas ainda não foram imunizadas contra doença que já matou neste ano em Mato Grosso do Sul 6 pessoas e há 392 notificações, mas só 23 casos com diagnóstico laboratorial. Na última semana, conforme os dados do Ministério da Saúde, 917 pessoas foram aos postos, número pouco menor que o registrado na semana anterior, 1.364.

Os números da cidade não computam a vacinação da população indígena 2.100 pessoas que é imunizada pela Secretaria de Saúde Indígena. De uma população de 13.076 pessoas, já estão imunizadas 7.184, o que corresponde a 54,94% do público-alvo. Excluídos os índios, o nível cobertura já atingiu 71%.

Até mesmo entre os trabalhadores da saúde, muita gente ainda não se vacinou (só 49,60%). Por enquanto, só se vacinaram 359 trabalhadores de um total 744. Em termos proporcionais, o melhor resultado é entre as mulheres que tiveram filho há menos de 45 dias (puérperas): de 81, 78 receberam a vacina. Das gestantes, 61,34% estão imunizados (303 de um total de 494).

A cobertura entre as crianças de até seis anos chegou a 62,94% (2.466 vacinas de um público estimado em 3.918) e de 56,60% entre os idosos (2.469 de um total de 3.707). Já foram vacinadas 1.173 pessoas com comorbidades (doenças crônicas), 72% de cobertura; 285 professores (70,90% do público).