Sidrolandense é multado em R$ 15 mil por degradação e desmatamento

Segundo a polícia, o homem desmatou 10 hectares de vegetação, utilizando um trator de lâmina, sem a documentação ambiental.

Polícia Militar Ambiental de Dourados esteve na fazenda em Maracaju e constatou as irregularidades. - Foto: Divulgação/PMA

Um fazendeiro de 73 anos foi multado em R$ 15 mil pela Polícia Militar Ambiental (PMA) na última quinta-feira (16) por degradação de área protegida e desmatamento em uma propriedade rural em Maracaju.

Segundo a polícia, o homem desmatou 10 hectares de vegetação, utilizando um trator de lâmina, sem a documentação ambiental. A área foi medida com uso de GPS. Durante fiscalizações no local, a polícia também constatou que o proprietário degradou um hectare de área brejosa com olhos d'água (área protegida). As atividades foram paralisadas e o trator apreendido.

O homem, morador em Sidrolândia, foi multado m R$ 15 mil e responderá também por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena prevista para esse tipo de delito é de um a três anos de prisão. Ele ainda foi notificado a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).