Câmara deve aprovar nesta semana projeto que reajusta em 5% salário do servidor da Prefeitura de Sidrolândia

Conforme a proposta, a correção salarial vai representar um acréscimo de R$ 199 mil na folha de pagamento.

De 284 auxiliares de serviços gerais, só 178 vagas estão preenchidas - Foto: Marcos Tomé/Região News

O projeto que reajusta em 5% o salário dos servidores efetivos da Prefeitura de Sidrolândia (em torno de 1.797 funcionários) válido para o salário deste mês que será pago provavelmente no próximo dia 31, já está tramitando na Câmara para ser votado nesta semana.

Conforme a proposta, a correção salarial que ficou pouco acima da inflação dos últimos 12 meses (4,93% se medida pelo IPCA Amplo), vai representar um acréscimo de R$ 199 mil na folha de pagamento que no mês passado ficou em R$ 6.301.586,33 (com os encargos). De todo o contingente, 1.069 continuará recebendo abono pago desde o ano passado para quem não tenha conseguido um incremento financeiro de R$ 150,00, com o reajuste de 3% dado em 2018.

Além deste abono, servidores das referências 1 e 2, aproximadamente 318, reservadas a funções com exigência de ensino fundamental de escolaridade, continuarão recebendo uma complementação porque mesmo com os 5%, permanecerão ganhando menos de um salário mínimo (R$ 998,00) de salário-base. Por lei, ninguém, pode receber menos de um mínimo.

Na referência 1, por exemplo, estão garis, vigilantes e auxiliares de serviços gerais. Nesta referência, os salários-bases variam de R$ 899,12 a R$ 1.339,39, variando conforme o tempo de serviço. Quem é da referência 1, I-A, por exemplo, mesmo com o aumento, o salário-base subiu R$ 42,83 (era de 856,30). Com R$ 124,32 de abono, receberá R$ 1.023,44.

Atualmente de um quadro de 150 garis previsto no plano de cargos e salários, efetivamente estão na ativa 78 servidores nesta função; de 84 vigilantes, só há 22 efetivos e de 284 auxiliares de serviços gerais, só 178 vagas estão preenchidas. Na referência 2, os salários-base variam entre R$ 952,12 e R$ 1.418,31. No grupo estão por exemplo, 22 vigilantes, 9 zeladores e 9 merendeiras.