Após roubo de malote, suspeito é preso com R$ 18 mil dentro da cueca

Outros dois envolvidos foram presos e um conseguiu fugir.

Dinheiro encontrado na casa de um dos suspeitos - - Foto: Foto: Divulgação / Polícia Civil

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, prenderam em flagrante trio de suspeitos do roubo de um malote de dinheiro, na tarde de ontem (27), em Nova Andradina. Toda a ação aconteceu uma hora após o crime.

De acordo informações da Polícia Civil, a vítima, que é gerente administrativo de um posto de gasolina, levava um malote com R$ 21,9 mil em dinheiro e R$ 69,7 mil em folhas de cheque, totalizando R$ 91,6 mil, quando, no estacionamento da agência bancária, foi rendido por um homem com um revólver, que anunciou o assalto, enquanto outro homem esperava em uma moto Honda CG para fugir em seguida.

A polícia foi acionada e os investigadores foram até o local para colher as informações e ver as imagens das câmeras de vigilância. Enquanto isso, outra equipe foi até a casa de Edmar de Almeida Barros, de 33 anos, que já era suspeito de outros dois roubos de malotes na cidade, um em dezembro de 2018 e outro em janeiro deste ano. 

A equipe do SIG que estava no banco visualizou as imagens e constatou que as características físicas de um dos assaltantes eram compatíveis com as de Sidimar Domingos Padoam, de 36 anos, que também é suspeito de participação no roubos a malotes, e imediatamente avisou a 2ª equipe para ficarem em alerta caso avistassem os suspeitos. 

Edmar foi visto saindo de sua casa junto com Sidimar e mais dois homens, todos indo em direção a um veículo Mercedes-Benz, cor preta, de propriedade de Edmar, que estava estacionado na rua.

Os policiais, que estavam no local, abordaram os quatro. Um deles fugiu correndo para um matagal, ficando no local apenas o Edmar, Sidimar e um indivíduo identificado como Anderson Goncalves Teles, de 34 anos.

Grande quantidade de dinheiro nas carteiras e em uma sacola foi encontrada com o trio, além de aproximadamente R$ 18 mil dentro cueca de um dos suspeitos. Dentro da residência foi encontrada a moto utilizada no roubo e também o malote vazio, papéis da vítima, roupas utilizadas, capacetes e uma espingarda de pressão torneada para caber munições calibre 22. No total, com os três foi encontrado R$ 20,3 mil.

Sidimar, juntamente com o homem que fugiu da abordagem, cometeram o roubo da ontem e depois foram para a moradia de Edmar, que já os aguardava para ajudá-los a fugirem e a ocultarem os indícios do crime, bem como para dividirem o dinheiro.

Diante das evidências, os três autores foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia, local em que foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, roubo, emprego e posse de arma de fogo.

Por fim, Sidimar confessou ter dado apoio ao roubo do malote em janeiro de 2019, com a colaboração do Edmar, ocasião em que utilizaram o veículo Mercedes-Benz para ajudar o assaltante a fugir após roubar o malote e dividirem o dinheiro.