Produtor aposta na sustentabilidade e tecnologia para exportar touros

Mauro já adotou em sua empresa dedicada a venda de insumos, o sistema de captação e uso da água da chuva.

Produtor Mauro Christianini, cultiva soja no verão e milho na safra de inverno - Foto: Marcos Tomé/Região News

A Fazenda Jatobá, onde foi instalada em 14 mil metros quadrados a usina para geração de energia solar, inaugurada no último sábado (08), tem 4.500 hectares, onde o produtor Mauro Christianini, cultiva soja no verão e milho na safra de inverno, mas também há espaço a pecuária. Nesta época do ano, quando as temperaturas caem, há cultivo de aveia usada para alimentar o gado.

A pecuária é explorada com tecnologia de ponta, melhoramento genético que garante matrizes que estão entre as melhores do Brasil. Recentemente foi firmada uma parceria com a Bolívia para a exportação de touro, começando com 200 animais, mas com perspectiva de fornecer 1.000 touros por ano aos bolivianos. 

O uso da energia solar traduz a preocupação do produtor de preservar o meio ambiente e utilizar os recursos naturais de maneira sustentável. Mauro já adotou em sua empresa dedicada a venda de insumos agropecuários, a Boa Vista, o sistema de captação e uso da água da chuva. A estratégia será implementada nas fazendas, para isto, será necessária, a construção de cisternas.

Na opinião do presidente do Sindicato Rural de Sidrolândia, Rogério Menezes, a inauguração da usina para geração de energia solar na Fazenda Jatobá, vai estimular outros produtores a seguirem o exemplo, fomentando os investimentos no segmento.