Após deixar amistoso da Seleção com dores, Arthur vai passar por exames no joelho

Volante foi substituído no primeiro tempo na goleada sobre Honduras.

Arthur deixou o campo com fortes dores no jogo contra Honduras — - Foto: Diego Vara/Reuters

A CBF anunciou que o volante Arthur será submetido a exames de imagem no joelho direito. O jogador deixou o campo ainda no primeiro tempo da goleada da Seleção sobre Honduras por 7 a 0, no domingo, em Porto Alegre.

O Brasil estreia na Copa América sexta-feira contra a Bolívia, no Morumbi, às 21h30.

Depois do jogo de domingo, os médicos da Seleção não previam a realização de exames em Arthur, e o técnico Tite chegou a dizer na entrevista coletiva que o jogador "estava bem". Nesta segunda, porém, depois do início do tratamento, a comissão decidiu submeter o jogador a exames de imagem.

Arthur, que fez 37 jogos pelo Barcelona em sua primeira temporada na Europa, sendo 27 como titular, tem sentido um incômodo ao fazer alguns movimentos, como a flexão do joelho ao caminhar. Ele pediu para rever o lance da lesão para entender em que momento havia sido o choque com o hondurenho Quiotto. O adversário acabou expulso no lance.

A CBF tem até o dia 13 – 24 horas antes da partida de estreia, no dia 14 contra a Bolívia, no Morumbi – para fazer alteração na lista por motivo de lesão grave. Além do laudo e da assinatura dos médicos da CBF, há necessidade de a Conmebol analisar e ratificar eventual corte. Até agora, somente Neymar, com ruptura nos ligamentos do tornozelo direito, deixou a Seleção. Willian foi convocado para seu lugar.

No treino, gols bonitos de Éverton e William

Na atividade desta tarde, em São Paulo - a delegação brasileira chegou na noite de domingo na capital paulista -, o treino no estádio do Pacaembu foi comandado por Matheus Bachi, filho de Tite que assume a posição de Sylvinho como segundo auxiliar direto de Tite - atrás de Cleber Xavier.

Após atividades em campo reduzido - completadas por garotos da base do Corinthians -, Matheus separou Éverton, Fagner, Alex Sandro, William, Paquetá, Firmino, Miranda em duas equipes em sessões de ataque contra defesa.

No treino, em que Éverton e William fizeram bonitos gols em jogadas individuais, pedia que a bola fosse trabalhada de um lado ao outro e velocidade na conclusão de jogadas. Para os defensores a exigência era de formar linha organizada e, quando retomasse a bola, sair tocando até se livrar dos atacantes.

No hotel, em atividade na academia, ficaram Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos, Filipe Luis, Casemiro, Arthur, Allan, Fernandinho, David Neres, Gabriel Jesus, Richarlison, Coutinho e Militão. Os jogadores têm folga até 12h desta terça-feira.