Ainda sob risco de corte, Arthur está praticamente fora da estreia da Seleção na Copa América

Volante não deve se recuperar em tempo de enfrentar a Bolívia, sexta-feira, no Morumbi.

Arthur Brasil Honduras — - Foto: Diego Vara/Reuters

A permanência de Arthur na seleção brasileira para a Copa América ainda está indefinida, mas é praticamente certa sua ausência na estreia, sexta-feira, contra a Bolívia, na estreia e abertura da competição no Morumbi, às 21h45. Fernandinho e Allan disputam sua vaga.

Arthur sofreu uma pancada no joelho direito no primeiro tempo da vitória por 7 a 0 sobre Honduras, em amistoso no último domingo. O autor da falta, Quiotto, camisa 12 hondurenho, foi expulso direto pelo árbitro da partida - que ainda estava 2 a 0.

A CBF não divulgou o resultado dos exames de imagem realizados em Arthur na última segunda-feira, mas a decisão baseada nele foi seguir tratamento, aguardar a evolução e manter o jogador sob observação até novas avaliações na quinta-feira, data limite para alterações na lista da Copa América. A Seleção tem até as 21h30 de quinta para, diante da comprovação de lesão grave, solicitar à Conmebol a substituição de um jogador.

O quadro de Arthur foi um baque pela expectativa inicial do próprio jogador e da comissão técnica horas depois do lance. Em sua entrevista coletiva no domingo, ainda no estádio Beira-Rio, Tite sorriu ao comentar que o volante estava bem e havia dito que sofrera somente uma pancada. Inicialmente, exames foram descartados.

No treino desta terça-feira, Tite vai começar a desenhar a equipe da estreia. Durante a preparação na Granja Comary, Fernandinho foi sua opção preferida para o lugar de Arthur. Assim, Daniel Alves ganharia mais liberdade. Na goleada de domingo, Allan foi escolhido para substituir o volante do Barcelona e, assim como toda a equipe, teve boa atuação.

Arthur não irá a campo nesta terça, bem como o zagueiro Marquinhos, que fará, segundo a CBF, trabalho de recuperação física no hotel.

A seleção já teve um corte na lista original de convocados para a Copa América. Neymar foi desconvocado após torção de tornozelo. William foi chamado em seu lugar. O jogador do PSG vai ficar quatro semanas em recuperação, de acordo com comunicado do clube francês.