Moradores de rua recebem cobertores da Prefeitura para enfrentar o frio

Com tamanho frio e a falta de condições mínimas de sobrevivência, a população de rua conta com a ação da Prefeitura para aguentar o inverno.

Prefeitura entregou cobertores a moradores de rua. - Foto: Divulgação

Os moradores em situação de rua são uns dos que mais sofrem com as baixas temperaturas. Com a chegada do inverno, as pessoas que moram nas ruas precisam improvisar para enfrentar o frio. Com tamanho frio e a falta de condições mínimas de sobrevivência, a população de rua conta com a ação da Prefeitura para aguentar o inverno, que neste final de semana deve contar com mínimas de 5°C e geadas em regiões do Estado.

Nesta sexta-feira (05), a Prefeitura através do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), entregou cinco cobertores a moradores de rua. Foram feitas 8 abordagens, mas alguns negaram a ajuda. Outras cinco pessoas que foram abordadas nesta quinta-feira nas ruas, procuraram atendimento na Casa de Passagem para acolhimento provisório.

De segunda a sexta-feira, a Sede do CREAS, oferece café da manhã, local para banho, roupas limpas, passagens para outros municípios, acesso a 2ª via dos documentos a pessoas que vivem nas ruas. Às quintas-feiras, uma equipe, sai às ruas para fazer as abordagens sociais (feitas mais vezes durante período chuvoso). São feitos acompanhamentos gradativos e encaminhamentos para outros dispositivos da rede socioassistencial.

Na Casa de Passagem, são fornecidos materiais e local para higiene pessoal, roupas limpas, alimentação, além de local para pernoite, podendo permanecer de 3 a 7 dias. Nos dias chuvosos e frios de fim de semana acontece o acolhimento emergencial pela própria equipe que trabalha na Casa de Passagem.