Oposição deve apresentar pedido para incluir Estados e municípios na reforma

Considerada polêmica, medida pode ser estratégia para atrasar a votação; Maia já disse que propostas inviabilizariam a reforma

Vicente Ferreira, faxineiro da Câmara há 13 anos, prepara o plenário onde deve ocorrer nesta terça-feira, 9, a votação da reforma da Previdência - Foto: Gabriela Biló/Estadão

Lideranças da oposição informaram que os partidos de esquerda estudam a possibilidade de apresentar um destaque no plenário da Câmara para a inclusão de Estados e municípios na proposta de reforma da Previdência.

Como apurou o Estadão/Broadcast, a articulação foi avaliada pelos partidos do chamado Centrão. A estratégia da oposição visa a atrasar a votação, já que a medida é polêmica e deve provocar discussões calorosas e divergências no plenário.

A oposição vai definir quais destaques deve apresentar nesta terça-feira, 9, pela manhã, depois da reunião das lideranças na Câmara. 

A inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência é uma medida considerada polêmica.

Ontem, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) disse a investidores em Londres que tal proposta poderia ajudar a reforma da Previdência a se tornar "mais duradoura". O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), porém, já disse que a inclusão poderia inviabilizar a reforma, uma vez que tiraria votos de bancadas que já apoiam o texto.