Funileiro morre em acidente envolvendo moto, carro e caminhão

Acidente ocorreu no início desta tarde na Avenida Coronel Ponciano; é a 26ª morte no trânsito de Dourados neste ano

Local do acidente que matou funileiro nesta sexta em Dourados - (Foto: Adilson Domingos)

O funileiro André Souza Silva, 42, morreu no início desta tarde em acidente na Avenida Coronel Ponciano, em Dourados, a 233 km de Campo Grande. André estava em uma moto Honda Titan e foi atropelado em frente a uma empresa de adubos.

Outros dois veículos se envolveram no acidente, o Ford Ka sedan prata, placa OOU-3669, de Ponta Porã, e o caminhão branco placa HQG-2355. Os condutores não sofreram ferimentos. Os nomes não foram divulgados.

De acordo com testemunhas do acidente, o motorista do Ford Ka, de 39 anos de idade, seguia sentido sul-norte e teve de frear bruscamente quando um carro que estava na frente reduziu a velocidade para entrar à direita.

O motociclista seguia atrás do Ford Ka e não conseguiu evitar o impacto na traseira do carro. Com a batida, André foi jogado na pista contrária e atropelado pelo caminhão, conduzido pelo motorista de 32 anos, que seguia sentido norte-sul. O corpo foi reconhecido pela esposa no funileiro, que morava no residencial Ildefonso Pedroso.

Com a morte de hoje, chega a 26 o número de vítimas fatais em acidentes de trânsito em Dourados, segundo a Agetran (Agência de Transporte e Trânsito). Nos 12 meses de 2018 foram 24 mortes.