Homem tem braço amputado durante trabalho na Cooperativa Lar

O caso foi registrado no entreposto da empresa localizada às margens da rodovia MS-162.

Homem tem braço amputado durante trabalho em armazém - Foto: Vanderi Tomé/Região News/Ilustrativa

Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados por volta das 20h deste domingo (14) para prestar socorro a uma vítima de acidente de trabalho num dos complexos de armazenamento de grãos da Cooperativa Lar.

O caso foi registrado no entreposto da empresa localizada às margens da rodovia MS-162, distante 45 quilômetros do perímetro urbano de Sidrolândia, numa região conhecida como Estação Piqui. A vítima é um funcionário de uma empresa terceirizada que prestava serviços a cooperativa.

José Roberto dos Santos, de 53 anos, teve um dos membros superiores arrancado no momento em que trabalhava na pré-limpeza de um dos maquinários dos silos de armazenamento de grãos.

Segundo Gean Pinheiro, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias de Armazém, para quem José Roberto prestava serviço, o trabalhador teve o braço amputado no momento em que tentava segurar um silo bolsa; "O braço dele foi engolido pela máquina conhecida pelo nome de rosca", revela.

Ele explica que em épocas de safra, o sindicato contrata trabalhadores para prestar serviços terceirizados temporários em armazéns. É o caso de José Roberto dos Santos, que foi levado para Santa Casa em Campo Grande na vaga zero. O presidente do Sindicato e o gerente local da Cooperativa Lar, prestam assistência a família.