Motorista de Uno é levado na vaga zero com fraturas após colisão frontal perto do Quebra Coco

Antônio, vinha para Sidrolândia em companhia da esposa, Norma Soares Santos, 48 anos que só apresentava dores no tórax.

Os dois veículos envolvidos ficaram bastante danificados, principalmente a parte frontal. - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Está internado na área verde da Santa Casa em Campo Grande, para onde foi encaminhado ontem à noite na vaga zero, Antônio Mendes Rodrigues, 55 anos, com fraturas na tíbia e fíbula. Ele deve passar por cirurgia nesta sexta-feira e seu estado de saúde é estável.

Os ferimentos foram consequência do impacto da colisão frontal do Fiat Uno, placas NSC-4773, que dirigia, com o Celta, HSP-2901, que seguia em direção ao distrito de Quebra Coco pela MS-162. O acidente foi registrado pouco antes das 18 horas.

Antônio, vinha para Sidrolândia em companhia da esposa, Norma Soares Santos, 48 anos que só apresentava dores no tórax. Já o motorista do Celta, Nilson dos Santos Souza, 44 anos, teve ferimentos leves na cabeça.

Não se sabe qual dos veículos invadiu a pista do outro provocando o acidente que interditou a rodovia por 20 minutos. Duas viaturas do Corpo de Bombeiros e uma do SAMU se deslocaram para o local para o socorro às vítimas. Os dois veículos envolvidos ficaram bastante danificados, principalmente a parte frontal.