Bebedeira em família pode ter sido pivô de atropelamento que matou jovem de 26 anos

O padrasto estava conduzindo um Fiat Uno de placas HSY-5548 (Sidrolândia) em companhia da mãe do rapaz no momento do atropelamento.

Motocicleta ficou totalmente destruída durante acidente. - Foto: José Arimatéia

Evandro Martins, de 26 anos, perdeu a vida num trágico acidente neste sábado (20) no Distrito do Quebra Côco, em Sidrolândia. Ele pilotava uma motocicleta Honda Titan na MS-162 (perímetro urbano do distrito) quando foi atropelado pelo padrasto, Valdomiro Amorim da Silva, conhecido por Baiano, após desentendimento. 

Segundo informações apuradas pela reportagem, a vítima teria passado a noite de sexta-feira e sábado, em companhia de familiares numa residência na Rua Goiânia, local onde se desentendeu com o padrasto. O rapaz saiu na motocicleta e logo foi alcançado pelo desafeto nas proximidades da Escola Polo, Domingos Alves Nantes, na rodovia MS-162 e acabou morto, vitima de atropelamento.

O padrasto estava conduzindo um Fiat Pálio de placas HSY-5548 (Sidrolândia) em companhia da mãe do rapaz. Evandro completou 26 anos no ultimo dia 25 de junho. Baiano foi socorrido para o hospital Elmiria Silvério Barbosa, onde recebeu atendimento médico e foi escoltado para prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil.