PM frustra assalto ao Sicredi e flagra envolvidos dentro da agência

Foram apreendidos dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 e Michael Alves Moraes, 18 anos, foi preso.

Foram apreendidos dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 e o único maior de idade, Michael Alves Moraes, 18 anos. - Foto: Divulgação/PM

Guarnições da Companhia Independente da Polícia Militar de Sidrolândia, com apoio da Rotac de Campo Grande, conseguiram frustrar na noite deste domingo um assalto à agência do Sicredi localizada na esquina das ruas São Paulo e Paraíba. Os envolvidos foram presos e vieram da Capital praticar o assalto por ordem de líderes do PCC, que cumprem pena na Penitenciária de Segurança Máxima.

Os policiais foram acionados por volta das 22 horas deste domingo com a informação de que teriam tentado arrombar a agência bancária. Ao chegar no local, constataram os sinais de arrombamento na parede, a grade da janela que dá acesso ao jardim de inverno serrada e uma das câmeras de monitoramento coberta. Para surpresa da guarnição dois dos assaltantes estavam no telhado do prédio da agência e um terceiro no telhado do prédio vizinho.

Foram apreendidos dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 e o único maior de idade, Michael Alves Moraes, 18 anos. Com eles encontraram três celulares e as ferramentas, que levaram numa mochila, usadas para que pudessem arrombar a agência.

Inteiro como é conhecido acabou confessando o envolvimento de uma quarta pessoa, Ednei Alves Pimentel, que teria dado apoio logístico ao trio. Ofereceu a casa, na Rua Afonso Pena, para que pernoitassem de sábado para domingo e providenciou as ferramentas usadas no arrombamento.

Os suspeitos chegaram a Sidrolândia no sábado por volta das 22 horas. Vieram num Gol prata, dirigido por um motorista de aplicativo. Pernoitaram na casa de Ednei e desde as 3 horas da tarde iniciaram o minucioso trabalho de arrombamento da agência bancária.