Estudante está construindo casinhas para cães abandonados e pretende distribuir pelas ruas de Sidrolândia

O projeto idealizado por Isabella Amaro Maciel, funciona no quintal da casa da família e conta com o apoio do namorado e amigos.

Modelo de casinha feito com garrafas pet. Imagem ilustrativa. - Foto: Divulgação

Uma estudante do 4° semestre de Arquitetura e Urbanismo, em Sidrolândia está construindo casinhas para cães abandonados e pretende distribuir pelas ruas da cidade. O projeto idealizado por Isabella Amaro Maciel, funciona no quintal da casa da família e conta com o apoio do namorado e amigos.

Isabella lembra que a inciativa surgiu no último final de semana, após ver uma publicação no Facebook, sobre a montagem de uma casinha usando garrafa pet. “Eu vi a publicação e achei a ideia muito legal, por envolver tanto a reciclagem quanto ser para cachorros. Pensei em fazer para os meus, mas lembrei que na praça central, sempre tem muitos cães abandonados e com o inverno eles sofrem com o frio, então resolvi fazer para eles”.

Estudante Isabella Amaro Maciel resolveu desenvolver iniciativa por amor aos animais. Foto: Arquivo Pessoal

O material para fabricar as casas é proveniente de doações e o trabalho tem auxílio do namorado João Paulo. A estrutura das casas é construída com garrafas pet. Para construir uma casa são necessárias 78 garrafas. “Já tenho material para construir uma casinha, mas ainda falta para completar a segunda”. A pretensão da estudante é construir no mínimo 3 casinhas neste final de semana. “Precisamos de 234 garrafas, atualmente tenho umas 150, espero conseguir a doação do restante, tem bastante gente ajudando”.

Garrafas que já foram arrecadadas e serão usadas para a confecção das casinhas. Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Isabella, o objetivo é implantar as casas na Praça Porfirio de Brito. Nesta quarta-feira, a estudante deve apresentar na Prefeitura o projeto com pedido de autorização para coloca-las na praça. Caso o pedido seja negado, a ideia é implantar em pontos estratégicos. “Se não der para instalar na praça, eu vou distribuir pela cidade, em frente de casas, onde as pessoas permitirem, onde há bastante cães de rua”, comenta.

Quem quiser contribuir com doações pode entrar em contato pelos números, 9-9656-1061 (Isabella) ou 9-9834-9344 (João Paulo) através do WhatsApp.