Diego tem fratura no tornozelo detectada após partida e será operado na volta ao RJ

Camisa 10 sofre entrada dura na derrota para o Emelec, torce o tornozelo e sai do jogo na maca direto para hospital.

- Foto: Getty Images

Já com vários desfalques no Equador, o Flamengo ganhou mais um problema para a sequência da temporada. Diego sofreu uma entrada muito forte na derrota por 2 a 0 para o Emelec na noite desta quarta-feira, teve uma fratura no tornozelo detectada e será operado na volta ao Rio de Janeiro. A lesão é considerada complexa por Márcio Tannure, chefe do departamento médico rubro-negro.

- O Diego sofreu uma fratura-luxação no tornozelo esquerdo, com fratura óssea, lesão ligamentar. O tratamento é cirúrgico. A fratura é considerada complexa. Amanhã, quando ele chegar de viagem será reavaliado por mim no hospital, com outros exames complementares para avaliarmos a real extensão dessa lesão. Vamos agendar a cirurgia o mais breve o possível - disse Márcio Tannure.

Após a partida, Diego deixou o estádio direto para um hospital em Guayaquil, onde realizou exames. O Flamengo ainda não deu uma previsão de quanto tempo o camisa 10 ficará afastado dos gramados.

Diego deixou a partida aos 25 minutos do segundo tempo de maca e foi direto para o vestiário, acompanhado do médico do Flamengo. Como Jorge Jesus já tinha realizado três alterações, o Flamengo ficou com 10 em campo, assim como o Emelec, que havia tido um jogador expulso.

Além de Diego, estão no departamento médico Vitinho, Everton Ribeiro e Arrascaeta. O uruguaio é quem tem mais chances de jogar o jogo de volta, na próxima quarta, no Maracanã.