Por falta de pagamento, Perkons vai desligar lombadas de Sidrolândia e de outras 17 cidades

Serão desligados 132 equipamentos de fiscalização em 18 cidades do interior de Mato Grosso do Sul.

Avenida Dorvalino dos Santos, Sidrolândia - MS. - Foto: Marco Tomé/Região News

Em Sidrolândia, 9 equipamentos de fiscalização eletrônica de trânsito mantidos pela empresa paranaense Perkons, as chamadas “lombadas eletrônicas”, em funcionamento na Avenida Dorvalino dos Santos, serão desligadas a zero hora desta quinta-feira (25).

Segundo o site ampograndenews, a empresa alega que, depois de cobrar o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) por várias vezes nos últimos nove meses, o desligamento foi a única alternativa. A dívida, considerando o valor mensal do contrato, de R$ 1,8 milhão, atinge R$ 16,3 milhões.

Serão desligados 132 equipamentos de fiscalização em 18 cidades do interior de Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, 12 lombadas no Parque dos Poderes já estão desativadas.

Imbróglio - Na nota divulgada, a Perkons AS, primeira empresa a instalar lombadas em Mato Grosso do Sul, ainda na década de 1990, diz ter firmado em 2014 contrato com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Su), para a prestação dos serviços.

De acordo com a Perkons, durante todo o período, “a integralidade do contrato foi cumprida” pela empresa. Apesar disso, alega a empresa, por repetidas vezes ao longo dos últimos nove meses precisou reiterar a importância da quitação das medições pendentes de pagamento desde outubro/2018.

O Detran informou que a demanda já está sendo tratada pelo setor responsável e deve divulgar um comunicado a respeito.

Confira as cidades que terão radares e lombadas desligados:

Amambai
Anastácio
Anaurilandia
Bataguassu
Bataiporã
Campo Grande
Deodápolis
Dourados
Glória de Dourados
Ivinhema
Jateí
Maracaju
Naviraí
Nova Andradina
Rochedo
Sidrolândia
Três Lagoas
Ponta Porã