Diego Souza reclama do juiz em derrota do Botafogo: 'Se fosse nosso, tinha colocado para fora'

Salvio Spínola, comentarista de arbitragem da TV Globo, entende que Cuéllar e Rafinha deveriam ter sido expulsos

- Foto: André Durão

Diego Souza deixou o gramado do Maracanã satisfeito com a atuação do Botafogo, mas com crítica ao desempenho do juiz Raphael Claus. Após o 3 a 2 a favor do Flamengo, neste domingo, o camisa 7 apontou que, apesar do que definiu como boa arbitragem, detalhes nas marcações beneficiaram o Rubro-Negro.

Aos 43 minutos do primeiro tempo, o volante Cuéllar fez falta dura em Marcinho. Segundo Salvio Spínola, comentarista de arbitragem da TV Globo, o jogador deveria ter sido expulso. Mesma opinião para falta de Rafinha em Alex Santana.

 

- O que tem para tirar de positivo foi a entrega que a equipe teve. Foi postura de time grande, jogamos o clássico de igual para igual. Mas os detalhes, no futebol, fazem muita diferença. Hoje eu acho que a arbitragem foi bem, mas alguns detalhes, no calor do jogo, se fosse nosso, tinha colocado para fora. Isso faz toda a diferença. A equipe do Flamengo está de parabéns, fez um grande jogo, furou a gente três vezes, o que não é normal. A gente teve postura boa, buscamos o resultado e honramos a camisa como tem que fazer - disse Diego Souza. 

 

- Foram dois lances para expulsão, mas o árbitro disse que não. É um bom juiz. Acho que deixou a desejar, mas não podemos culpar ele. A gente sabe que falhamos em alguns lances.

Com o resultado, o Botafogo caiu para a nona posição, com 16 pontos. Na quarta-feira, enfrenta o Atlético-MG, em Belo Horizonte, pela Sul-Americana.