Ministério da Saúde libera R$ 1,3 milhão para cirurgias em MS

Prazo foi prorrogado para dezembro deste ano.

Valores serão destinados para cirurgias eletivas - - Foto: Correio do Estado

Mato Grosso do Sul vai receber R$ 1.306.527,43 do montante de valores enviados do Ministério da Saúde para fazer cirurgias eletivas, aquelas que precisam ser agendadas, como as oftalmológicas. O financiamento e a transferência dos recursos federais para as ações e os serviços públicos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) foram prorrogados até dezembro de 2019. 

O total destinado será de R$ R$ 100 milhões que serão disponibilizados aos Estados, Distrito Federal e municípios, por meio do Componente Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC).

Os valores foram fatiados conforme o número de habitantes de cada estado. São Paulo, que tem 45.094.866 milhões de habitantes, recebeu a maior parte, totalizando R$ 21.715.623,74, Minas Gerais ficou em segundo lugar, com 21.119.536 habitante, o estado recebeu R$ 10,170 milhões. Roraima, com 522 mil habitantes, recebeu o menor valor, R$ 251,677 mil.

De acordo com a publicação, que pode ser conferida no Diário Oficial da União desta segunda-feira (29), o Estado de Mato Grosso do Sul tem 2.713,147 milhões de habitantes.

As cirurgias eletivas são feitas pelo Sistema ùnico de Saúde e são aquelas que são feitas mediante agendamento.