Com mais três confirmações, mortes por gripe chegam a 49 no Estado

Campo Grande lidera o registro de mortes por gripe no Estado, com 18 óbitos confirmadas

Em uma semana, mais três pessoas morreram por gripe em Mato Grosso do Sul. É o que aponta o boletim epidemiológico divulgado pela Secretária Estadual de Saúde, nesta quarta-feira (31). Com as confirmações, o número de mortes confirmadas passou de 46 para 49.

Conforme o boletim, ainda foram confirmadas duas mortes no início de julho, uma em Campo Grande e outra em Dourados. Uma mulher, de 45 anos, morreu na Capital no dia 3 de julho. A terceira morte confirmada foi a de um homem de 44 anos, que morreu no dia 7 de julho, em Dourados, cidade a 233 quilômetros de Campo Grande.

Com as confirmações, Campo Grande lidera o registro de mortes por gripe no Estado, com 18 óbitos confirmadas, seguida por Três Lagoas, cidade a 338 quilômetros de Campo Grande, com seis mortes.

Ainda segundo a Secretaria, das 49 mortes confirmadas, 40 ocorreram por contaminação com o vírus H1N1, duas pelo vírus H3N2 e três por um subtipo não identificado. Em 2018, 33 pessoas morrerem por gripe em Mato Grosso do Sul.