Caminho para a felicidade

Conscientes ou não, a cada amanhecer renovam-se as esperanças de alcançarmos um estágio melhor.

*Jornalista e Professor Wilson Aquino - Foto: Divulgação

Nesse mundo apressado no qual vivemos, a busca pela felicidade é uma constante na vida de todos nós. Conscientes ou não, a cada amanhecer renovam-se as esperanças de alcançarmos um estágio melhor, que nos proporcione segurança, bem-estar e alegria de viver o dia a dia.

Entretanto, para muitos, para a maioria, poderia assim dizer, esse estado de prazer e alegria por simplesmente viver, parece bem distante de tocar e permanecer nos corações e mentes das pessoas.

Indivíduos que batalham, que trabalham duro pelo pão de cada dia, cumprindo com os rigores que o cotidiano exige, mas não conseguem sentir o prazer que a verdadeira e plena felicidade pode proporcionar.

Embora de difícil acesso, a felicidade é bondosa e humilde. Logo, está à disposição e alcance de absolutamente qualquer um que a busque de maneira correta.
Quando encontrada, invade corpo e alma, provocando imensa satisfação e alegria. A pessoa sente-se eufórica. Seus olhos lacrimejam até, de tamanha emoção mesmo com as coisas mais simples, como o clima de paz durante um pôr do sol que leva embora mais um dia. Lhe permite ver e ouvir músicas e cores em tudo à volta. Pode até despertar desejos como o de gritar bem alto para que o mundo inteiro ouça o quanto a vida é bela e maravilhosa, o quanto é feliz.

Entretanto existem muitas emoções na vida do homem que não podem ser confundidas com a felicidade. São alegrias e satisfações pontuais, casuais como aqueles sentimentos provocados pela conquista de algo há muito desejado; uma medalha e um troféu conquistados numa competição; O nascimento de um filho e tantas outras que nos trazem muita alegria momentânea, muita euforia. A verdadeira felicidade, no entanto, é uma joia mais preciosa, que precisa ser buscada com determinação e perseverança, pois é plena, grandiosa e duradoura.

O caminho para ela, para a verdadeira felicidade que incansavelmente o homem busca está inseparavelmente ligada ao amor a/de Deus. Não há outra forma de alcança-la se não for por intermédio Dele. E procurar conhece-Lo e amá-Lo acima de todas as coisas é o caminho para alcançar esse sentimento que nos invade e nos transforma no melhor que podemos ser.

“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”, nos ensina Jesus Cristo nas Escrituras Sagradas (Jo 14,6); Em Salmos (34, 8) outra de inúmeras confirmações de Seu poder para nos tornar felizes: “Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia”. Nesse mesmo livro (Sl 128, 1-2): “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem”.

Os séculos e séculos de vida do homem, relatados e testemunhados por todas as gerações e a própria história da humanidade comprovam isso, que o caminho para a grande e segura felicidade está mesmo alicerçada em Deus. 

Aqueles que a buscam, aprendem no caminho a tratar melhor seu próximo com mais amor, gratidão e carinho. Em família aprendem que passar mais tempo juntos (sem TV, celulares e eletrônicos) fortalece os laços e faz seus membros expressarem os maiores e melhores sentimentos.

Então, criam no lar um ambiente propício ao ensino de bons princípios e valores que são de fundamental importância especialmente às crianças e adolescentes, pois vão ajuda-las na sua formação moral e espiritual.

Dessa forma, seguro e com uma família bem estruturada e alicerçada nos princípios e ensinamentos de Deus, o homem feliz torna-se apto a trabalhar e a amar seu próximo para que também encontre o verdadeiro caminho para felicidade.

*Jornalista e Professor