Primeira sala lilás do Estado será inaugurada nesta quarta-feira em Sidrolândia

A primeira "Sala Lilás" do Estado será inaugurada às 08h30 desta quarta-feira (07) nas dependências da instituição.

A equipe de manutenção municipal pintou o espaço de 40 m², composto em 4 salas. - Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Sidrolândia, terá um espaço reservado para atender mulheres vítimas de violência doméstica. A primeira "Sala Lilás" do Estado será inaugurada às 08h30 desta quarta-feira (07) nas dependências da instituição.

A implantação do espaço foi possível através da parceria entre a Polícia Civil, Prefeitura e Governo do Estado. A equipe de manutenção municipal pintou o espaço de 40 m², composto em 4 salas, dividas entre, recepção e brinquedoteca, sala de violência contra a mulher, sala da psicóloga e delegada.

O espaço, prometido há dois anos, vinha se arrastando, mas desde a comemoração do Dia Internacional da Mulher, em março, o projeto foi encampado pela 1ª dama, Ana Lídia, que trouxe o município para a parceria com a Polícia.

Sidrolândia, num levantamento referente a 2018, aparece na liderança estadual (em termos proporcionais) em número de boletins de ocorrência de violência doméstica.

A violência contra a mulher é considerada não apenas como um problema de ordem privada ou individual, mas como um fenômeno estrutural, de responsabilidade da sociedade como um todo. Afeta mulheres de todas as classes sociais, idades, nível de escolaridade, raça e religiões.

É amplamente definida como qualquer ato que possa causar dano físico, sexual, psicológico ou sofrimento extremo a uma mulher. A violência doméstica e familiar, prevista na Lei Maria da Penha, pode ocorrer em casa, entre pessoas da família e entre pessoas que mantenham relações íntimas de afeto, mesmo sem a convivência sob o mesmo teto.