Câmara aprova projeto de Edno que cria ‘Dia do Povo Paraguaio’

Segundo Edno, sua iniciativa é um justo reconhecimento à contribuição econômica e cultural do povo paraguaio.

Projeto do vereador Edno Ribas que institui como Dia do Povo Paraguaio, o 14 de Maio vai a sanção do prefeito. - Foto: Vanderi Tomé/Região News

A Câmara aprovou e vai à sanção do prefeito Marcelo Ascoli, para se transformar em lei, projeto do vereador Edno Ribas que institui como Dia do Povo Paraguaio, o 14 de Maio, data que será inserida no calendário anual de datas comemorativas do município.

Segundo Edno, sua iniciativa é um justo reconhecimento à contribuição econômica e cultural que o povo paraguaio a Mato Grosso do Sul e em particular, Sidrolândia. 

“O povo paraguaio é o maior grupo étnico estrangeiro presente em todo Mato Grosso Sul, tendo se estabelecido na região desde a demarcação da fronteira entre o nosso estado e aquele país. Constituíram, por exemplo, a grande parte da mão de obra da companhia Mate Laranjeira. Sua influência cultural é notável, seja pelo consumo de erva mate em forma de Tereré, seja pelas polcas paraguaias, guarânias e chamamés, chipas e coquitos no café da manhã”.