Conjunto do Brasil consegue sua maior nota do ciclo de Tóquio 2020 na Copa do Mundo de Kazan

Com novidades na série, brasileiras conquistam nota inédita em teste para o Mundial de Baku

- Foto: Ricardo Bufolin / CBG

Na reta final de preparação para o Mundial de Baku, o Brasil mostrou evolução na etapa da Copa do Mundo de ginástica rítmica de Kazan. Nesta sexta-feira, primeiro dia da competição na Rússia, o conjunto verde-amarelo conseguiu sua melhor nota do ciclo olímpico de Tóquio 2020 na prova de cinco bolas, com 25,950 pontos.

Apesar do bom resultado, o quinteto formado por Beatriz Linhares, Camila Rossi, Deborah Medrado, Nicole Pírcio e Vitória Guerra ficou fora do top 8 da final, acabando na 10ª posição. Prévia do Mundial, a competição foi liderada pela Bulgária, atual campeã mundial de cinco bolas, que superou no critério de desempate a anfitriã Rússia, atual campeã olímpica - cada conjunto tirou 29,000 pontos. A Itália foi o terceiro melhor conjunto, com 28,550 pontos.

No Pan de Lima, o Brasil fez a melhor nota da classificatória de cinco bolas com 23,650 pontos, mas falhou na final e acabou com o bronze, com 22,500 pontos. Em Kazan, o Brasil cresceu com novidades na série.

- Após o Jogos Pan-Americanos fizemos algumas mudanças no início da coreografia para aumentar nossa nota de dificuldade. Este é o nosso objetivo e hoje foi cumprido, a construção da nota a cada competição. Estamos muito felizes de elas terem conseguido acertar a série e consequentemente atingir esta nota inédita - disse a técnica Camila Ferezin.

Nas provas individuais, as brasileiras não alcançaram finais por aparelhos. Natália Gaudio conseguiu 16,350 pontos no arco e 16,600 na bola, ficando em 33º lugar na parcial do geral, uma posição à frente de Bárbara Domingos, que tirou 14,450 no arco e 18,450 na bola.

O conjunto do Brasil e as ginastas do individual voltam a se apresentar neste sábado em Kazan, no segundo dia de classificatórias, que vão definir as colocações no geral.

Programação da Copa do Mundo de Kazan

Dia 31/08 (sábado)
5h45 – classificatória individual (maças e fita) – Natália Gaudio e Bárbara Domingos
10h45 – classificatória de conjuntos (prova mista - três arcos e dois pares de maças)

Dia 01/09 (domingo)
6h – final individual - arco
6h30 – final individual - bola
7h – final de conjunto – cinco bolas
8h – final individual – maças
8h30 – final individual – fita
9h – final de conjunto – prova mista (três arcos e dois pares de maças)

* Horários de Brasília