Rapaz é preso após fazer refém dona de pizzaria e sobrinho da comerciante

Por razões ainda desconhecidas, Rosemeire Gomes e o sobrinho dela, Sérgio Hilário foram feitos reféns na pizzaria.

Dona de pizzaria e sobrinho da comerciante são feitos reféns no Capão Seco. - Foto: Divulgação/PM

A dona da Pizzaria Capão Seco, Rosemeire Gomes Nascimento, 52 anos e o sobrinho dela, Sérgio Hilário Pletsch, que trabalha no estabelecimento, passaram por momentos tensos na noite de ontem, quarta-feira, sob ameaça de uma espingarda calibre .28.

Por razões ainda desconhecidas, os dois foram feitos reféns por Leandro de Londres Batista, 28 anos. Ele chegou a fazer um disparo em direção a Irapuã de Almeida Santos, 58 anos, que ao ouvir o grito de socorro da comerciante, entrou no estabelecimento. Leandro errou o alvo e acertou o muro.

Conforme o boletim de ocorrência, armado com uma espingarda, Leandro apareceu na pizzaria aos gritos, chutando as portas exigindo a presença do marido da comerciante que tinha saído para fazer uma entrega. A mando do suspeito, ela tentou localizá-lo por telefone.

Morador próximo da pizzaria,  Irapuã de Almeida, foi lá ver o que estava acontecendo (aos ouvir os gritos da proprietária). Leandro que apontava a espingarda para a cabeça de dona Rosemeire, por pouco não a baleou. Acabou indo pra casa, mas voltou à pizzaria, desta vez ameaçando Sérgio Hilário, levando-o para fora , supostamente com a intenção  matá-lo.

O rapaz conseguiu escapar, mas o suspeito retornou para novamente ameaçar a comerciante, quando então um cliente ligou para reclamar da demora na entrega e ela  pediu socorro. Este cliente chamou a Polícia Militar. Quando a guarnição chegou ao local, o rapaz mantinha a comerciante como refém, mas acabou se entregando aos policiais.