Câmara vai devolver R$ 20 mil para aditivo e garantir conclusão de asfalto no Paineiras

A obra, que foi iniciada em dezembro e deveria ter sido concluído em quatro meses, está parada há 40 dias exatamente no último trecho.

Obra está parada há 40 dias exatamente no último trecho, 300 metros do prolongamento da Avenida Antero Lemes - Foto: Região News

A Câmara de Sidrolândia vai devolver ao Executivo Municipal, R$ 20 mil, praticamente metade do aditivo de R$ 41 mil, já assinado pelo prefeito Marcelo Ascoli, com a GMG Construtora, empreiteira responsável pela execução do asfalto comunitário no Jardim das Paineiras.

A obra, que foi iniciada em dezembro e deveria ter sido concluído em quatro meses, está parada há 40 dias exatamente no último trecho, 300 metros do prolongamento da Avenida Antero Lemes, onde não foi feita a capa asfáltica. “Os vereadores vão dar sua contribuição para terminar a obra que está mais de 95% concluída”, explica o presidente do Legislativo, Carlos Henrique.

Foi preciso aumentar a contrapartida inicial da Prefeitura (de R$ 301.02,81). Segundo o vereador Kennedi Forgiarini, a empreiteira teve de implantar 80 metros de drenagem num trecho da Rua Luiz Bretan, uma área de solo brejoso, que exigiu escavação, retirada do material impróprio para compactação, terraplanagem com arenito, além de colocação de tubulação corrugada.

“A intervenção não estava prevista no projeto original. Foi necessário fazer uma reprogramação, aprovada por engenheiros da Prefeitura. Cada etapa do serviço adicional foi fotografada e o material anexado no processo do aditivo aprovado pelo setor de contabilidade e foi formalizado pela Prefeitura. Estranhamente, a Secretaria de Fazenda vem retardando o pagamento. A empreiteira precisa do recurso para quitar compromisso com os fornecedores de material”, explica Forgiarini.

O vereador entrou em contato com o presidente da Câmara, Carlos Henrique, que concordou em usar recursos do duodécimo, economizados pela Mesa Diretora, para terminar a obra, aguardada há muito tempo pela comunidade.  

O projeto

O Jardim das Paineiras foi o primeiro bairro de Sidrolândia beneficiado com o asfalto comunitário. Nesta modalidade a população custeia 80% da obra e terá como contrapartida, cinco anos de isenção de IPTU. São 2,43 quilômetros de asfalto e 500 metros de drenagem. Dos 160 proprietários, 136 assinaram o contrato com a empresa.

O custo total da obra é de R$ 1.411.540,34, sendo que deste total, R$ 1.110.520,53 serão rateados entre os 136 moradores que aderiram ao projeto, aproximadamente R$ 8.165,59 por inscrição imobiliária. Cada morador pagará o equivalente a testada (a largura) do seu terreno, 12 metros, multiplicada pela metade da largura da rua (4), ou seja, 48 metros quadrados.

Neste caso o proprietário vai pagar em média R$ 3.217,44, à vista ou com acréscimo de 10% em até 12 parcelas, com 30% de entrada. O projeto contempla pavimentação e drenagem nas Ruas Rosendo Guardiano, Sonia de Almeida Ortencio, Pascoala Riquelme, Luiz Bretan, Juvenisio Faustino Silvério, Elcindo G. de Souza e Avenida Antero Lemes da Silva.