Flamengo intensifica negociação com outro volante colombiano para substituir Cuéllar

Fredy Guarín, de 33 anos, teve seu nome aprovado pelo técnico Jorge Jesus, que o conheceu quando jogava no Porto.

Fredy Guarín com a camisa da Inter de Milão — - Foto: Getty Images

O Flamengo já gastou dezenas de milhões em contratações este ano, mas quer mais. Sem sucesso na tentativa de trazer um centroavante, o clube segue em busca de um reforço para outra posição apontada como carente por Jorge Jesus, especialmente após a saída do colombiano Cuéllar. O clube da Gávea tenta a contratação de outro colombiano, o volante Fredy Guarín, de 33 anos.

O jogador está sem contrato desde que deixou o Shanghai Shenhua, da China, e teve seu nome aprovado pelo técnico português. Os dois se conheceram durante a passagem do volante pelo Porto. O Mister, porém, nunca treinou o jogador, somente o teve como adversário.

O Flamengo tenta intensificar as negociações para poder inscrever o atleta antes do fim do prazo para a semifinal da Libertadores, contra o Grêmio. O "deadline" é 72 horas antes da partida de ida, marcada para 2 de outubro. No Brasileiro, o prazo é até o dia 27 de setembro.

Apesar de ele estar livre no mercado, os valores são considerados altos, e as partes tentam encontrar um denominador comum.

O colombiano tem ao menos uma boa oferta em mãos de um outro clube estrangeiro, mas apenas para começar a atuar em janeiro, o que pode se tornar um trunfo para o Rubro-Negro, que ainda disputa dois títulos este ano. A preocupação da diretoria é com a forma do atleta, que tem feito apenas trabalhos físicos com um personal.

Guarín tem 1,83 de altura, e disputou a Copa do Mundo de 2014 no Brasil com a seleção colombiana. Ele tem ainda em seu currículo uma passagem de quatro temporadas pela Inter de Milão. Uma de suas características mais marcantes é a potência nos chutes de longa distância.