Corregedoria deflagra operação contra militares envolvidos em corrupção em Sidrolândia e na Capital

Os mandados são cumpridos na Capital e em Sidrolândia.

Os mandados são cumpridos na Capital e em Sidrolândia. - Foto: Mariana Rodrigues, Midiamax

A Corregedoria da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul cumpre nesta quinta-feira (26) mandados de busca e apreensão e prisão contra policiais militares suspeitos de envolvimento com corrupção. Os mandados são cumpridos na Capital e em Sidrolândia.

Segundo informações preliminares existem indícios de que os policiais estariam envolvidos no desvio de mercadorias de origem paraguaia e também no contrabando de cigarros. Mercadorias foram apreendidas durante uma fiscalização em Sidrolândia. Ainda não se sabe o número de presos.

‘Máfia dos Cigarreiros’

Em abril de 2017, a Corregedoria da Polícia Militar denunciou sobre determinada “rede de policiais militares, maioria da fronteira, envolvidos em crime de corrupção e organização criminosa“. A situação foi confirmada pelos promotores que verificaram a associação de militares, de diferentes patentes e regiões do Estado, para facilitar o contrabando.

Segundo investigação, os policiais recebiam dinheiro em troca de facilitação, inclusive ao prestarem informações aos contrabandistas. Em algumas situações, as fiscalizações sequer eram feitas e as cargas de cigarro contrabandeado “passavam batido”.