Vagas olímpicas conquistadas no atletismo, canoagem e vela marcam semana do Brasil

Ana Sátila está classificada para duas provas na canoagem slalom, enquanto Patrícia Freitas está qualificada na vela.

- Foto: Arquivo Pessoal

Os Campeonatos Mundiais realizados na semana que passou ainda não valeram medalhas para o Brasil, mas foram importantes para que o país conquistasse algumas vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio. O destaque ficou para Ana Sátila, finalista na canoa e no caiaque do Campeonato Mundial, garantindo um lugar na Olimpíada. Na vela, classe RS:x, Patrícia Freitas se qualificou e deve disputar os Jogos pela terceira vez. Por fim, o time misto do 4x400m conseguiu também um lugar durante o Mundial de atletismo.

Nas águas abertas, Ana Marcela Cunha ficou com a prata na última etapa do Circuito Mundial das águas abertas, fechando a temporada em segundo lugar. No basquete feminino, o time ficou com o bronze na Copa América.

 

Ana Sátila e as duas vagas

Com apenas 23 anos, Ana Sátila está classificada para sua terceira Olimpíada. No Campeonato Mundial de canoagem slalom, ela ficou em décimo lugar no C1 e nono no K1, garantindo lugar em Tóquio 2020 nas duas categorias. No K1 masculino, Pedro Henrique conseguiu uma vaga para o Brasil, mas ainda não está confirmado que ele que irá representar o país, o atleta ainda precisará ganhar a seletiva nacional.

Aos 29 anos, Patrícia Freitas conseguiu um lugar na Olimpíada de Tóquio na classr RS:x da vela, garantindo uma vaga para sua terceira participação no evento. A conquista veio com a 15ª posição no Campeonato Mundial da modalidade, disputada na Itália.

Revezamento classificado

O revezamento 4x400m misto do atletismo será disputado pela primeira vez em Olimpíadas no ano que vem, em Tóquio. E terá a participação brasileira. O quarteto brasileiro ficou em oitavo lugar no Campeonato Mundial, em Doha, no Catar.

Finais conquistadas

Prata de Ana Marcela

A baiana Ana Marcela Cunha chegou na segunda posição na etapa de Chun’An, na China, do circuito mundial da Fina (Federação Internacional de Natação), disputada neste domingo. Com a prata, ela se sagrou vice-campeã do torneio nesta temporada. Ana Marcela completou os 10km de prova apenas 33 centésimos atrás da italiana Arianna Bridi (vencedora com 2h04m05s44). A campeã mundial da distância, a chinesa Xu Xin, chegou na terceira posição.

Bronze na Copa América

Quarto lugar no vôlei

A seleção feminina de vôlei fechou a Copa do Mundo da modalidade em quarto lugar, com sete vitórias e onze derrotas. O título ficou com a China, e a prata com os Estados Unidos. O Brasil chegou a vencer a Rússia, que ficou com o bronze, mas as derrotas para Holanda e Coreia do Sul distanciaram o time do pódio.

Medalhas no evento teste

Talisca Reis e Paulo Ricardo conquistaram a medalha de bronze no evento-teste de taekwondo, realizado em Chiba, no Japão. Talisca Reis competiu na categoria até 49kg, enquanto Paulo Ricardo na até 58kg. O torneio valeu pontos para o ranking mundial, que é classificatório para Tóquio 2020.