Daltro recebe título com outras 45 personalidades homenageadas nos 40 anos da Assembleia

Daltro Fiuza foi uma das 46 personalidades homenageadas pela Assembleia com o título de cidadão sul-mato-grossense.

Deputado Gerson Claro e o ex-prefeito Daltro Fiuza - Foto: Região News

O ex-prefeito Daltro Fiuza foi uma das 46 personalidades homenageadas pela Assembleia na noite desta terça-feira com o título de cidadão sul-mato-grossense, num evento que marcou também os 40 anos de fundação do Legislativo.

Uma delegação de Sidrolândia, integrada por membros do Diretório Municipal do MDB, partido de Fiuza, vereadores Carlos Tadeu e Jonas Rodrigues, prestigiou a solenidade que teve ainda a presença dos vereadores Edno Ribas, Kennedi Forgiarini e Otacir Figueiredo, do grupo político do deputado Gerson Claro, que propôs a homenagem. Também estiveram no ato solene, o secretário de Infraestrutura, Nilo Cervo, emedebista histórico.

O deputado Gerson Claro destacou que resolveu conferir o título a Daltro, num reconhecimento ao trabalho que desenvolveu como prefeito, a sua contribuição ao desenvolvimento de Sidrolândia.

Daltro Fiuza, nasceu no dia 08 de março de 1950, na cidade de Espumoso-RS, filho de Bernardo Fiuza e Olmira Rodrigues Fiuza. Em 1973 mudou-se do Rio Grande do Sul para de Maracaju, onde trabalhou como técnico Agrícola na Cooperativa de Maracaju- Coopemara. Foi transferido para Sidrolândia para gerenciar a implantação do entreposto da Coopemara, onde trabalhou até o final de 1975.

Em 14 de dezembro de 1974 casou-se com Rosi Mari dos Santos Fiuza. Pai de Cristina dos Santos Fiuza e Carolina dos Santos Fiuza, avô de Maria Teresa Fiuza Ferreira.

Iniciou sua vida pública aos 26 anos, quando se elegeu prefeito de Sidrolândia em 1976, para o período de 1977 a 1980, com mandato prorrogado por mais 2 anos, indo até 1982. Voltou a pleitear a Prefeitura de Sidrolândia em 1988, sendo eleito e exerceu o mandato até 1992. Concorreu também em 2000 à Prefeitura, sem obter êxito eleitoral.

No ano de 2003 foi Diretor Presidente da Agência de Metrologia (INMETRO) de Mato Grosso do Sul, até o mês de maio de 2004.

No mesmo ano concorreu novamente à Prefeitura de Sidrolândia, sendo eleito para o cargo de Prefeito até 2008, concorrendo à reeleição, sendo vitorioso, cumpriu o 4º mandato até 2012.

O ex-deputado estadual Junior Mochi falou em nome dos homenageados. Natural de Itápolis (SP), ele vive há 35 anos em Mato Grosso do Sul. “O Título simboliza a certidão de sul-mato-grossense. Esse reconhecimento nos dá uma imensa alegria e redobra a responsabilidade. Tive a oportunidade de estar nesta Casa por 12 anos, sendo dois mandatos consecutivos como presidente. Aqui é a caixa de ressonância da população, onde todas as faces de uma mesma sociedade estão representadas. Sou apaixonado pelo Poder Legislativo, pois entendo a sua importância na evolução da sociedade”. 

Confira a relação dos indicados por parlamentar:

- Antônio Vaz: Alexandre Souza Moreira e Fábio Oliveira e Silva.

- Barbosinha: José Alberto Vasconcellos e Renato Teixeira de Oliveira.

- Cabo Almi: Duilio Vaneli e José Soares de Melo.

- Capitão Contar: Márcio José Mendes.

- Coronel David: Jair Messias Bolsonaro e Luiz Antônio Nabhan Garcia.

- Eduardo Rocha: Natel Henrique de Moraes e Oswaldo Mochi Junior.

- Evander Vendramini: Alexandre Branco Pucci e Déborah Mazzola Nunes Pereira.

- Felipe Orro: Carlos Alberto de Assis e Jaceguara Dantas da Silva.

- Gerson Claro: Antônio Márcio Fedes e Daltro Fiuza.

- Herculano Borges: Emerson Feitosa da Silva e Marcos Luiz de Oliveira.

- Jamilson Name: Francisco Cezário de Oliveira e Sylvio Wagih Abdalla Junior.

- João Henrique: Osmar Pereira Bastos e Samir Nammour.

- Lidio Lopes: Eliel Araújo de Alencar e Roberval Maurício Cardoso Rodrigues.

- Londres Machado: Daniel Gadotti e Nicanor de Araújo Lima.

- Lucas de Lima: Evander José Vendramini Duran e Pedro Haiduck.

- Marçal Filho: Antônio Freire e Jairo de Quadros Filho.

- Marcio Fernandes: Abelardo Luiz Lupion Mello e Wilson Joaquim da Silva.

- Neno Razuk: Alexandre Rosa Ferreira e Welington Luiz Santana Lopes.

- Onevan de Matos: Luiz Antônio Monteiro Simões e Marcelo dos Santos Souza.

- Paulo Corrêa: Francisco Rodrigues Coelho Junior, Jaime Elias Verruk, Maurício Picarelli, Paulo Marcelo Gehm Hoff e Valmir Guarinão.

- Professor Rinaldo: Dirceu Bettoni e Marcelo Loureiro da Rocha.

- Renato Câmara: Gregorius Alapito Wuwur e Osmar Maia Filho