Professora transforma amor por bichos em profissão e vira ‘babᒠde animais

Há quatro anos, Claudete decidiu transformar o que até então era um hobby em profissão.

Professora de Educação Física, Claudete Alexandre da Silva durante atendimento. - Foto: Arquivo Pessoal

A professora de Educação Física, Claudete Alexandre da Silva, sempre foi apaixonada por animais. Há quatro anos, decidiu transformar o que até então era um hobby em profissão e optou por uma atividade diferente: a de babá de animais (Pet sitter). Atendendo na casa dos clientes, as visitas incluem serviços como levar o bichinho para passear, escovar o pelo, overnight pet, massagem, adestramento de comandos básicos e enriquecimento ambiental.

O trabalho se diferencia dos hotéis por ser feito em domicílio, deixando o cachorro ou o gato mais confortável diante da ausência do dono. É indicado principalmente para quem precisa viajar e passar alguns dias fora de casa.

A ideia é que esse profissional ajude a cuidar do animal de estimação respeitando os seus hábitos e preservando a rotina, sem estressá-los. Assim, o bichinho poderá contar com alguém para brincar e ainda higienizar o local onde dorme e da caixa de areia, além dos vasilhames onde são servidas a ração e a água.

Segundo a professora, que fez vários cursos, além de acessar lives e portais sobre o assunto, a preocupação com o cuidado aos animais foi a principal motivação para oferecer os serviços. “Tenho meus pets que tanto amo, por me preocupar em oferecer atrativos que tirem eles da rotina diária. Passei a fazer cursos e participar de lives específicas, acessar alguns portais sobre os comportamentos, cursos e troca de ideias de como proceder em determinados casos”, comenta.

Claudete ainda lembra que o animal, assim como o ser humano precisa de cuidados. “O que vemos sempre é que em uma família quando vai chegar um bebê por exemplo, compram de tudo, desde mamadeira, roupas, montam quarto, berço, mas quando resolvem ter um cachorro não pesquisam sobre a raça, as necessidades e simplesmente colocam no quintal de casa e pronto”, finaliza.

A pet sitter também dá remédios, quando é necessário. “Caso o animal esteja em tratamento, dou a medicação”, comenta Claudete. Durante o serviço são feitas duas visitas diárias, caso o cliente queira pode optar pelo serviço de overnight pet, que inclui acompanhamento noturno e pernoite na residência das 18h às 6h da manhã.

Além disso, Miaumigos Pet, oferece os serviços de massagem pet; que proporciona um relaxamento no animal e melhora no comportamento.

Adestramento de comandos básicos; ou seja, educar o pet em prol de aparar as arestas dos comportamentos indesejáveis.

Enriquecimento ambiental; que torna o ambiente mais atrativo, para que o animal desenvolva comportamentos naturais como farejar, caçar, roer, forragear (buscar por alimentos), cavar, explorar, demarcar, brincar e descansar.

Dog walker; que permite o passeio diário com o pet. O tempo de passeio e a duração depende muito da raça do animal atendido, da idade e peso do mesmo.

Para quem quiser contratar os serviços da pet sitter, pode entrar em contato pelo whats 9 9995-9708 ou pelo instagram @miaumigospet, onde são postadas alguns dos atendimentos dos clientes.